Editorial
A ordem das coisas

Caros Alunos, Encarregados de Educação, Educadores Docentes e Não Docentes. 

Poderia começar estas minhas breves palavras com expressões como: vivemos tempos difíceis, muito difíceis,… Ou assim: Portugal é um país onde não funciona a justiça, onde os índices de corrupção são insustentáveis e escandalosos,… Ou talvez assim: Portugal é um país que não aprende com os seus erros passados, um país onde alguns se aproveitam despudoradamente daqueles que não têm voz, um país que prepara “cérebros” e pessoas qualificadas para outros países poderem criar mais riqueza…

Mas não! Recuso-me a começar este texto para o último número de 2011-12 da Revista O Nosso Colégio, derrotado pelo pessimismo.

Continuar a ler…